sábado, 25 de janeiro de 2014

Words of Love Parte 6

Autora: Luciana
Fanfic: da série The Mentalist.
Censura: 17 anos
Categoria: Romance/Jisbon

                                     Eu preciso dizer que te amo...

                                                      


                                             Galveston (Texas)
                                                                           Noite

                     Teresa Lisbon decidiu se hospedar num pequeno hotel em Galveston, porque não se sentia bem para dirigir até Austin. Ela entrou no quarto e sentou na beirada da cama. Chorando, Lisbon não conseguia esquecer a cena de Jane beijando Kim no restaurante.

                                                                       Enquanto isso...

                           Kim Fischer bateu na porta do quarto de Jane e disse:
                                       -Patrick!
                           Jane abriu a porta e olhou pra Kim Fischer.
                                       -Eu não quero falar com você. –falou Jane.
                                       -Eu sei que você está chateado, mas...
                                       -Chateado? Não! Eu estou com nojo de você. –falou Jane.
                                       -Foi um beijo inocente. –disse Kim.
                                       -Você colocou alguma coisa no vinho. O que você planejava fazer hoje à noite? –questionou Jane sério.
                                       -Eu não planejei nada. –disse Kim mentindo.
                                       -Mentirosa! –falou Jane.
                                       -Patrick! Eu... –disse Kim.
                          Jane não esperou Kim terminar de falar e fechou a porta. Ela ficou sem graça e resolveu voltar para o seu quarto no hotel.

                                                                     Horas depois...
                                                                     Austin (Texas)


                         Patrick Jane saiu do elevador e encontrou Cho conversando com o agente Abbott.
                                       -Oi Jane!Você resolveu o caso em poucas horas. Parabéns! –disse Abbott.
                                       -E Lisbon? Ela chegou? –perguntou Jane sério.
                                       -Não. Ela pediu um dia de folga hoje. –falou Abbott.
                                       -O quê? –falou Jane.
                                       -Eu achei estranho! Ela foi até Galveston e pensei que... –disse Abbott percebendo que Jane estava nervoso.
                                       -Eu preciso falar com Lisbon. –falou Jane sério.
                                       -O que aconteceu? –perguntou Cho.
                                       -Um problema chamado Kim Fischer. –respondeu Jane entrando no elevador.
                                       -Agente Fischer? O quê? –falou Abbott.
                        Abbott observou a porta do elevador se fechando e comentou:
                                       -Aconteceu alguma coisa em Galveston.
                                       -Sim. –disse Cho sério.


                                                             Residência de Teresa Lisbon


                       Lisbon ligou a TV e deitou no sofá. A verdade é que Lisbon não estava se sentindo bem. Ela não conseguiu dormir no hotel em Galveston, e achou que a tontura era sinal de cansaço.
                                      -Teresa! –falou Jane batendo na porta.
                       Ela sentou no sofá e não acreditou que Jane estava na porta de sua casa. Lisbon não queria conversar com Jane e escutar mais mentiras. Ela se sentia traída e continuava magoada.
                                      -Lisbon! Eu preciso conversar com você. –falou Jane.
                                      -Vai embora! –gritou Lisbon se levantando do sofá.
                                      -Abre a porta! –falou Jane.
                                      -Não! –disse Lisbon chorando.
                                      -Eu vou fazer um escândalo aqui. Você vai querer problema com seus vizinhos? –falou Jane.
                                      -Eu odeio você! –disse Lisbon abrindo a porta.
                      Patrick Jane olhou pra Lisbon e percebeu a tristeza nos olhos dela.
                                      -Eu quero explicar o que aconteceu em Galveston. –falou Jane entrando na casa de Lisbon.
                                      -Sério? Explicar o quê? –disse Lisbon fechando a porta.
                                      -Teresa, eu não estou traindo você. –falou Jane.
                                      -Oh! Você estava beijando Kim. E não é traição? –disse Lisbon.
                                      -Ela colocou alguma droga no vinho e planejava me seduzir. –falou Jane.
                                      -O quê? Ela estava tentando seduzir você? Oh Meu Deus! Você é cínico! –disse Lisbon.
                                      -É verdade. –falou Jane.
                                      -Eu atrapalhei a noite romântica de vocês? –questionou Lisbon irritada.
                                      -O quê? –falou Jane surpreso.
                                      -Eu acho que o beijo era só o começo. Você estava planejando ter uma noite de sexo com Kim? –disse Teresa Lisbon olhando pra Jane.
                                      -Não! Não! Não é verdade. –falou Jane.
                                      -Eu não acredito em você. Acabou! Eu não quero na minha vida um relacionamento com um homem que é mentiroso. O nosso namoro foi um erro! –disse Lisbon.
                                       -Não! Eu te amo, e sei que você é apaixonada por mim. –falou Jane emocionado.
                                       -Acabou! A nossa relação será somente como colegas de trabalho. –disse Lisbon.
                                       -Não! –falou Jane tentando acariciar o rosto de Lisbon.
                                       -Não quero você perto de mim! –disse Lisbon séria.
                                       -Teresa! –falou Jane triste.
                        Lisbon abriu a porta e disse:
                                       -Vai embora!
                                       -Eu não vou desistir de você. –falou Jane apaixonado e triste.
                        Patrick Jane saiu da casa de Lisbon e entrou no carro. Ele olhou Lisbon fechando a porta e não conseguiu controlar as lágrimas. Jane era completamente apaixonado por Lisbon, e precisava provar que Kim Fischer queria destruir o relacionamento dos dois.

                                                             Enquanto isso...


                        Teresa Lisbon sentiu novamente uma vertigem e deitou no sofá. Ela pensou na conversa que teve com Jane e chorou.
                      
                                                              No dia seguinte...

                                                  Federal Bureau of Investigation
                                                            Austin Field Office
      
                       Kim Fischer estava lendo um relatório e ficou tensa quando viu Lisbon entrando na sala.
                                       -Lisbon. –falou Kim.
                                       -Kim. –disse Lisbon séria.
                                       -Você não apareceu no escritório ontem. –comentou Kim sem graça.
                                       -Você merecia uns tapas na cara, sua vadia! O problema é que eu não vou perder o meu tempo com você. Você é um lixo! A questão é que estamos trabalhando no mesmo escritório. E eu não quero problema aqui. Entendeu? Eu só falarei com você sobre questões de trabalho. –disse Lisbon séria.
                                       -Eu sei que você está chateada. –disse Kim.
                                       -Chateada? Você estava beijando o meu namorado. Eu acho que você sempre foi falsa comigo. Não é? –falou Lisbon.
                                       -Ok! Eu fiquei encantada quando conheci Patrick na ilha. Ele não é homem pra você, desculpe! –disse Kim Fischer cínica.
                                       -Uau! Fique com Jane pra você! –falou Lisbon.
                          Kim olhou pra Lisbon saindo da sala e sorriu.


                                                                 45 minutos depois...


                         Patrick Jane conversava com Cho e ao mesmo tempo observava Lisbon no escritório.
                                      -Ela nem olha pra mim. –comentou Jane.
                                      -Você acha que Lisbon vai perdoar você? –perguntou Cho.
                                      -Eu não trai Lisbon. –falou Jane.
                                      -Você beijou Kim. –disse Cho séria.
                                      -Eu expliquei pra você o que aconteceu. –falou Jane.
                                      -E como você vai provar que é inocente? Você acha que Kim vai confessar que colocou alguma coisa no vinho? Eu acho difícil. –disse Cho.
                                      -Eu preciso descobrir uma maneira de desmascarar Kim Fischer. –falou Jane.
                                      -Boa sorte! –disse Cho sério.
                       Lisbon percebeu os olhares de Jane e ficou séria.

                                                               2 semanas depois...


                      O agente Marcus Anderson observou Lisbon no restaurante e sorriu.
                                      -Teresa. –falou Marcus sorrindo.
                                      -Agente Anderson! –disse Lisbon.
                                      -Não acredito que está sozinha aqui. –comentou Marcus sentando na cadeira.
                                      -Você quer almoçar comigo? –perguntou Lisbon.
                                      -Claro que sim! –respondeu Marcus.


                                                                3 minutos depois...

                                      -Você continua triste. –comentou Marcus.
                                      -O quê? –disse Lisbon.
                                      -Desculpe! É que eu observei você. –falou Marcus.
                                      -Ah! Você aparece pouco no escritório. –disse Lisbon.
                                      -Eu acho que vou fazer parte do seu grupo de investigação.  –falou Marcus sorrindo.
                                      -Nossa! Vamos trabalhar juntos! –disse Lisbon surpresa.
                                      -E o que está acontecendo com você? Você brigou com o seu namorado? –perguntou Marcus curioso.
                                      -Ah! Eu não tenho mais namorado. –respondeu Lisbon bebendo um copo de suco.
                                      -Não? –disse Marcus.
                                      -Acabou. –falou Lisbon.
                                      -E você ainda gosta do seu ex-namorado? –questionou Marcus.
                                      -Eu estou magoada e decepcionada. –falou Lisbon.
                                      -Eu perguntei se você ainda ama o seu ex-namorado? –disse Marcus.
                                      -Não. –falou Lisbon mentindo.
                                      -Que bom! –disse Marcus Anderson.
                                      -Por quê? –questionou Lisbon.
                                      -Eu confesso que continuo muito interessado em você. –respondeu Marcus sorrindo.
                                      -Marcus, eu... –disse Lisbon sem graça.
                                      -Eu vou esperar você superar o fim do seu namoro e.. –falou o agente Marcus Anderson tocando as mãos de Lisbon.
                                      -O quê? –questionou Lisbon.
                                      -E vou convidar você para um encontro. –continuou Marcus beijando a mão de Lisbon.
                                     
                                                                      50 minutos depois...


                          Patrick Jane estava sentado no sofá e bebia um pouco de chá, quando viu Lisbon entrando no escritório sorrindo. Ele observou o agente Marcus Anderson ao lado de Lisbon e ficou incomodado.
                                     -Cho! –falou Jane fazendo sinal pra Cho no escritório.
                                     -O que foi? –perguntou Cho se aproximando de Jane.
                                     -Quem é o engraçadinho que está conversando com Lisbon? –perguntou Jane.
                                     -Agente Marcus Anderson. –respondeu Cho.
                                     -Hum! –falou Jane sentindo ciúme.
                                     -Ele aparece pouco aqui. –comentou Cho.
                                     -Lisbon está sorrindo muito. O que você sabe sobre o agente Anderson? –perguntou Jane.
                                     -Ele está interessado em Lisbon. –respondeu Cho sério.
                                     -O quê? –falou Jane.
                                     -Não me olhe assim! –disse Cho.
                                     -Duas semanas. E eu não consegui provar que não trai Lisbon. Ela só fala sobre assuntos relacionados ao trabalho e nem olha na minha cara. –comentou Jane triste.
                                     -E se Lisbon namorar o agente Anderson? –questionou Cho.
                                     -Não vai acontecer. –falou Jane.
                                     -E se acontecer? –disse Cho olhando pra Jane.
                          Jane não respondeu o questionamento de Cho e continuou observando Lisbon e Marcus no escritório.

                                                                   10 minutos depois...
                         
                          Lisbon sentou na cadeira e percebeu que Jane não parava de olhar pra ela.
                                      -O que foi? –perguntou Lisbon séria.
                                      -Você está saindo com o agente Marcus Anderson? –perguntou Jane.
                                      -Eu estava almoçando com Marcus, e daí? –disse Lisbon.
                                      -Marcus. Nossa! Já está intima do agente Marcus Anderson.  –comentou Jane sentindo ciúme.
                                      -Ele é um homem muito gentil. –disse Lisbon.
                                      -Ah! Ela está querendo seduzir você. –falou Jane.
                                      -Eu vou adorar ser seduzida pelo agente Marcus Anderson. –disse Lisbon.
                                      -O quê? Teresa, eu sei que você me ama. –falou Jane.
                                      -Eu não quero amar um homem mentiroso. –disse Lisbon.
                                      -Você precisa confiar em mim. Eu não tenho nada com Kim e nunca trai você. –falou Jane.
                                      -Cala a boca! –disse Lisbon se levantando da cadeira.
                                      -Eu te amo. –falou Jane apaixonado.
                      Lisbon olhou pra Jane e sentiu o seu coração bater mais forte. Ela precisava ser forte pra esquecer o amor que sentia por Jane, e mesmo sofrendo com a situação, ela deixou Jane falando sozinho e foi conversar com o agente Anderson sobre o novo caso que estavam investigando.

                                                              1 mês depois...


                     Patrick Jane estava deitado no sofá e fingia que lia um livro. Ele não aguentava mais ver Lisbon e Marcus conversando e saindo pra almoçar juntos. O ciúme estava atormentando a mente e o coração de Jane. Ele saiu do sofá e observou Kim Fischer saindo do elevador.
                                     -Kim! Você está feliz? –falou Jane sério.
                                     -O quê? –disse Kim.
                                     -Você destruiu o meu relacionamento com Lisbon. –falou Jane.
                                     -Eu estou sabendo que Lisbon e o agente Marcus Anderson são amigos. Ele levou Lisbon pra jantar ontem. –comentou Kim provocando Jane.
                                     -Você não presta! –falou Jane.
                                     -Eu sei que você está chateado com a situação. Ele está apaixonado por Lisbon, e eu acho que ela vai aceitar namorar com Marcus. –disse Kim Fischer.
                                     -Ela é apaixonada por mim. –comentou Jane.
                                     -Patrick! Ela não vai perdoar a sua traição. –disse Kim.
                                     -Eu não trai Lisbon e você sabe a verdade. Sinceramente, eu não sei como pude me enganar tanto com uma pessoa. –falou Jane olhando pra Kim Fischer.
                                     -Eu gosto de você. –disse Kim.
                                     -Eu tenho nojo de você. –falou Jane entrando no elevador.
                                           
                                                                    3 horas depois...
                                                            No Trailer de Patrick Jane....

                          Jane deitou na pequena cama e pensou na última vez que fez amor com Lisbon. Ele não esquecia o perfume de Lisbon e o beijo. Jane fechou os olhos e tentou dormir, mas os seus pensamentos estavam em Lisbon e Marcus naquela noite.

                                                          Apartamento de Marcus Anderson

                          Lisbon observou o apartamento de Marcus e comentou:
                                    -É muito organizado.
                                    -Gostou? –perguntou Marcus pegando a garrafa de vinho.
                                    -Sim. –respondeu Lisbon sorrindo.
                                    -Eu adorei o nosso encontro ontem. –disse Marcus.
                                    -Eu também. –falou Lisbon.
                                    -Você acha que está preparada pra começar um novo relacionamento? –perguntou Marcus.
                                    -Sim. –disse Lisbon mentindo pra si mesma.
                                    -Eu quero que a nossa primeira noite seja muito especial. –falou Marcus colocando vinho na taça de Lisbon.
                                    -Você é um homem encantador. –disse Lisbon.
                         Marcus acariciou o rosto de Lisbon e beijou levemente o pescoço dela.
                                    -Eu quero você. –sussurrou Marcus Anderson.
                         Ele beijou Lisbon com paixão e disse:
                                    -Eu estou apaixonado por você.
                         Lisbon sentiu uma forte dor na barriga e começou gritar.
                                    -Ai! Ai! É uma dor muito forte. –falou Lisbon.
                                    -Calma! Senta no sofá. –disse Marcus preocupado.
                                    -Não! Marcus, eu não sei o que está acontecendo. –falou Lisbon desmaiando nos braços de Marcus Anderson.


                                                                     Horas depois...

                         Teresa Lisbon acordou num quarto de hospital e sentiu uma estranha fraqueza.
                                    -Teresa Lisbon! Como você está? –perguntou a médica olhando pra Lisbon.
                                    -Estou com sono. –respondeu Lisbon.
                                    -Você não precisa ficar preocupa porque está tudo bem com o seu bebê. –disse a médica.
                                    -Bebê? –falou Lisbon séria.
                                    -Sim, você não sabia que está grávida? –questionou a médica.
                                    -Não. –respondeu Lisbon surpresa.
                                    -Você teve um principio de aborto, mas agora está tudo bem. O que você precisa é descansar durante algumas horas. –disse a médica.
                                    -Estou grávida? –falou Lisbon chocada.
                                    -Sim. Você está grávida de poucas semanas. E precisa cuidar da sua gravidez até completar três meses.  –falou a médica.
                                    -Não acredito! Eu não desconfiei de nada. –disse Lisbon chorando.
                                    -Você não sentiu o seu corpo diferente? –perguntou a médica.
                                    -Eu trabalho muito e... –disse Lisbon.
                                    -Ok! Você não é a primeira mulher que não percebe que está grávida. Já vi mulheres com seis meses de gravidez, achando que o problema é só aumento de peso. –comentou a médica.
                                    -Eu nem sei o que dizer. –falou Lisbon.
                                    -E o pai do bebê? É o homem que trouxe você até o hospital? Ele vai ficar feliz com a notícia. –perguntou a médica sorrindo.
                                    -Não! Estou grávida do meu ex-namorado. –respondeu Lisbon.
                                    -Uau! Que situação! –falou a médica.
                                    -Complicado! –disse Lisbon.
                                    -Você acha que o seu ex-namorado vai gostar da notícia? –perguntou a médica.
                                    -Eu acho que ele vai ficar muito feliz. –respondeu Lisbon.
                                    -E o homem que está esperando no corredor do hospital é seu atual namorado? –questionou a médica curiosa.
                                    -Eu quero falar com Marcus. –disse Lisbon não respondendo a pergunta da médica.
                                    -Ok! –falou a médica.
                                                                        
                                                                  Segundos depois...

                       Marcus Anderson entrou no quarto e perguntou:
                                    -Você está bem?
                                    -Mais ou menos! Eu estou grávida. –respondeu Lisbon emocionada.
                                    -Você vai falar pra Jane sobre a gravidez? –perguntou Marcus sério.
                                    -Ele é o pai do meu bebê. –disse Lisbon.
                                    -Teresa! Ele traiu você e não merece saber que vai ser pai. –falou Marcus sentando na beirada da cama.
                                   -Eu sei. –falou Lisbon chorando.
                      Marcus abraçou Lisbon e pensou:
                                   “Eu não vou perder você. Eu não vou deixar Jane voltar pra sua vida.”

                                                                                  Continua...
                                                             Aguarde a continuação da Fanfic.
                                                             E aí, o que achou?
                 
                                                             
                                   
                   
                                     
                               
                                                             
                                                                          
                                      
          

                                                       
                                         

                                

8 comentários:

  1. Então Marcus dando uma de Kim e atrapalhando jisbon. Amei a fic..sem dúvidas excelente...quero muito a continuação...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Regianee... Esse Marcus não ganhou a minha amizade ha ha ha Não fui com a cara do sujeito. kkkkkkk

      Excluir
    2. Eu também não fui com a cara daquele infeliz. Não adianta é Jisbon baby.kkkkkkk

      Excluir
  2. OMG!! Oq foi isso? Lisbonita grávida e ta caindo na so Marcus pra nao contar pro Jane?! Ah assim nao dá pensei q ele ia so entra e fazer um ciume e sai... Aiai vc mata Luciana rss. Adorei a surpresa viu!! Parabéns, amei e amei a fic. Preciso da parte 7.. Rss. Avisa assim q postar?!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adriana...Será que vai gostar da parte 7? kkkk

      Excluir
  3. Escreve logo a parte 7, que está ótima essa fanfic.

    ResponderExcluir
  4. Lisbon conta pro Jane por favor. Lu a cada fic vc se supera.

    ResponderExcluir

COMENTÁRIOS DE ANÔNIMOS E COM OFENSAS SERÃO EXCLUÍDOS DO BLOG.
DEIXE O SEU COMENTÁRIO, MAS NÃO ESQUEÇA DE SE IDENTIFICAR COM SEU NOME. MUITO OBRIGADA!